Jornal da Universidade Federal do Pará. Ano XXX Nº 130. Abril e Maio de 2016

Cardápio enviado pelo smartphone

O aplicativo Rancho 2º BIS fornece aos usuários
o cardápio com valor energético e dicas nutricionais.

por Marcus Passos / Abril e Maio de 2015
foto Adolfo Lemos



O número de smartphone, os chamados ‘telefones inteligentes’, só aumenta ao redor do mundo. Somente no mercado brasileiro, no ano de 2014, o número de usuários dessa ferramenta chegou à marca de 38,8 milhões. Com um sistema operacional avançado, que permite executar diversos programas, esse produto facilita o acesso a informações relacionadas à alimentação, saúde, cultura e a diversas outras áreas.

Esses programas, ou melhor, esses aplicativos (App) representam significativa diferença entre os smartphones e os outros celulares. E visando aproveitar essa tecnologia da informação, um grupo de estudantes do 8° semestre da Faculdade de Nutrição, da Universidade Federal do Pará, desenvolveu o aplicativo chamado Rancho 2º BIS, que oferece informação acerca de um restaurante institucional.

Atualmente, o software está hospedado no site fabricadeaplicativos, plataforma on-line para criação de Apps. Nesse endereço, qualquer pessoa pode desenvolver seu próprio aplicativo. Mas o desejo dos alunos Aline Reis, Talita Berino, Fabrício Medeiros, Thiago Oliveira, Bianca Garcia, Adriana Sousa, Roseani Angelim, Lívia Dias e Aline Silva, responsáveis pela criação, é que, futuramente, a ferramenta possa estar no Google Play, Windows Store e App Store – lojas on-line para distribuição de aplicativos.

O Rancho 2° Bis foi desenvolvido na disciplina Administração de Serviços de Alimentação, da Faculdade de Nutrição, sob a coordenação dos professores Bruno Morais e Cláudia Dutra. “O trabalho final consistiu na elaboração de um plano de negócios e essa equipe ficou responsável por uma unidade de alimentação e nutrição de uma organização militar de Belém. Foi iniciativa dos alunos, no sentido de melhorar e acompanhar o serviço de alimentação”, afirma Cláudia Dutra.

Software deve atender usuários e gestores

O plano de negócios compreende a caracterização do empreendimento, a estrutura física, o planejamento dos recursos humanos, a compra de alimentos, a elaboração do cardápio e a análise de custos de uma unidade de alimentação e nutrição. Por ser um instrumento de acesso fácil e rápido, o aplicativo tem um impacto positivo na gestão de unidades de alimentação coletiva.

Para Aline Reis, integrante da equipe que desenvolveu o projeto, “a disciplina agregou vários conhecimentos que nós pudemos aplicar no trabalho final”.
Foram muitas discussões até a finalização do software. “Começamos este trabalho do zero. Planejamos o layout, a logística e os recursos humanos. Pensamos no aplicativo como uma fonte de informação voltada à promoção do bem-estar e da saúde dos comensais. Essa será uma ferramenta muito importante dentro da unidade de alimentação e nutrição, em que o nutricionista não precisará fazer nenhuma coleta manual”, afirma Talita Berino, membro da equipe do Rancho 2° BIS.  Ao acessar o aplicativo, o usuário obterá informações sobre o cardápio e seu valor energético total, pesquisas de satisfação sobre o sabor dos alimentos, o serviço e a limpeza do ambiente, além de orientações nutricionais e fotos dos alimentos.

Mesmo com versão apenas de leitura, o aplicativo surge diante desse mercado de usuários de smartphones, que só cresce em todo o mundo. “Nós optamos pelo aplicativo devido à alta acessibilidade. Com o smartphone, você baixa o App e já tem acesso a muitas informações. É mais prático e também uma ótima ferramenta de feedback com o cliente”, avalia a estudante Talita Berino.

Para a professora Cláudia Dutra, “o excesso de peso e a obesidade são problemas de saúde mundial”, assim,  ao enviar dicas nutricionais, o software tenta combater a má alimentação e a obesidade. A proposta é que outras unidades de alimentação institucional também possam usufruir dessa ferramenta.


comentários (4)
Nome errado
escrito por Aline Reis, abril 23, 2015
Boa tarde, no 3º parágrafo está escrito Alice Reis, mas é Aline Reis.
Servidot Adiministrativo.
escrito por Odilon P. Sá Gonçalves, abril 24, 2015
Parabéns aos alunos Alice Reis, Talita Berino, Fabrício Medeiros, Thiago Oliveira, Bianca Garcia, Adriana Sousa, Roseani Angelim, Lívia Dias e Aline Silva,
Gostei muito.
maravilhoso
escrito por Maria Auxiliadora Menezes de Souza, abril 28, 2015
Fiquei muito emocionada e feliz por ter conhecimento do grande projeto executado por nossos alunos. Parabéns a todos que fizeram acontecer essa grandiosidade de ferramenta.
maravilhoso
escrito por Maria Auxiliadora Menezes de Souza, abril 28, 2015
Fiquei muito emocionada e feliz por ter conhecimento do grande projeto executado por nossos alunos. Parabéns a todos que fizeram acontecer essa grandiosidade de ferramenta.

Escreva seu comentário
menor | maior

busy